Venda de imóveis durante a pandemia: saiba como anda

Venda de imóveis durante a pandemia: saiba como anda

Saiba mais como anda o mercado de imóveis na pandemia

Desde março de 2020 nosso país vem enfrentando uma grave crise na saúde pública. Muitos setores foram automaticamente abalados, e muito se especulou sobre o mercado imobiliário. O sonho de uma casa própria e os planos para realizar esse sonhos já estavam em andamento e muitas pessoas não desistiram dele.

Com o distanciamento social, as pessoas têm ficado mais tempo em casa e reavaliado suas necessidades. Além disso, os juros dos financiamentos imobiliários estão mais baixos, o que contribui para essa busca. Com o mercado imobiliário aquecido, o poder da negociação fica na mão de proprietários de imóveis. Então você, se for comprador, precisa tomar cuidado dobrado para fazer o melhor negócio.

Mas afinal, estão mesmo vendendo imóveis? Tem gente para comprar? Não é arriscado fazer esse investimento durante uma situação dessas? Fique tranquilo(a), a Utilbrás te ajuda a entender melhor o que esta acontecendo a tirar todas as suas dúvidas sobre a venda de imóveis durante a pandemia. Acompanhe aqui com a gente!

O sonho da casa própria

Mesmo nessa situação, as pessoas não pararam de sonhar. Há quem já tinha começado a olhar ou estava quase assinando contrato de compra e venda.

Muitas dessas pessoas preferiram continuar com esse investimento para conquistar o imóvel. Com algumas taxas mais baixas e a ”flexibilização” dos métodos de compra, tudo acaba fluindo normalmente no mercado para que nenhuma parte saia prejudicada.

É o momento certo de comprar um imóvel?

Boa parte dos brasileiros quer comprar propriedades para ter a segurança de algo em seu nome, um bem ou até mesmo como investimento. O Fipe/Zap do segundo semestre de 2020 (o mais recente até a data de hoje) mostra que 43% dos entrevistados tinham a intenção de comprar um imóvel nos próximos três meses. Esse percentual de potenciais compradores é maior do que o visto no primeiro trimestre de 2020 (36%) e na média histórica (37%).

Como ter mais segurança no meu negócio?

Em momentos de tanta incerteza, a segurança é o maior negócio! Comprar um imóvel com o corretor traz uma segurança maior para a negociação, porque você parte do pressuposto de que houve uma análise prévia do imóvel por uma a imobiliária, que tem todos os direitos e deveres garantidos por um contrato e a confiança de uma empresa renomada no mercado de imóveis.

Além disso, mantenha toda a sua documentação em dia e atualizada, seja você sendo o comprador ou quem está vendendo o imóvel. Conferir tudo antes de começar o processo de compra e venda de um imóvel facilita para todas as partes, evitando de ter qualquer ”surpresinha” durante o processo e atrasar ou até mesmo não permitir a negociação. Seria muito chato, né?

Momento de otimismo

O presidente da CBIC, José Carlos Martins, afirma que o setor imobiliário está em um momento interessante, principalmente devido à valorização do lar causada pela pandemia de coronavírus. Para ele, este motivo e a redução da taxa básica de juros, são fatores importantes para o aquecimento do setor. 

É hora de sonhar e realizar! #VemPraUtilbrás e conheça nossas diversas opções de pagamento e alta variedade de imóveis. Certamente vai encontrar o seu aqui 😉❤️

Gostou do nosso conteúdo? Tem muito mais por aqui!

Veja mais em:

Quanto custa para registrar um imóvel?

Saiba como vender seu imóvel mais rápido